Vírus e malware, qual é a diferença?

Saiba qual é a diferença entre vírus e malware, e se proteja.

Os mais antigos sempre mencionavam os vírus de computador, mas nas últimas duas décadas, passamos a falar em malware. Afinal, qual a diferença entre os dois?

Bem, antes de mais nada, quando falamos em malware, estamos nos referindo a todo um grupo de ameaças virtuais e digitais. O vírus, assim como outros tipos de scripts e softwares maliciosos, é parte desse grupo, que ainda inclui, entre outros:

O vírus é geralmente destacado, pois foi o primeiro tipo de malware a proliferar em computadores, antes mesmo da internet (como já vimos). Inclusive, por muito tempo, os softwares que combatiam essas ameaças foram conhecidos por antivírus. Hoje, contudo, levam o nome de Endpoint Protection ou NGAV.

Enquanto o vírus representa parte das ameaças decorrentes de softwares e scripts maliciosos, os malware compreendem o conjunto de todas as ameaças desse tipo.

Evoluções

A verdade é que grande parte das ameaças hoje chamadas de malware evoluíram a partir dos primeiros vírus. Também como capacidade de replicar-se, adwares, spywares e outros servem a outros propósitos. Contudo, sua proliferação é muito similar àquela dos vírus de computador originais.

Atualmente, essa distinção também aponta para a evolução das ameaças no que toca à proteção de sistemas e computadores. Os antivírus tradicionais lidam com ameaças mais consolidadas e, sob certos aspectos, menores: os vírus, trojans e worms.

Os softwares de antimalware (clique aqui e saiba também se seu antivírus é um antimalware), contudo, lidam com ameaças mais graves e atuais. Essas ameaças são mais perigosas e geralmente aparecem sem qualquer aviso – de modo que é difícil detectá-las e combatê-las por meios tradicionais.

Novas ameaças

Por mais de uma década, os adwares e spywares aterrorizaram comunidades inteiras. Esses malwares infectavam computadores de forma diferente dos vírus. Ao invés de simplesmente danificar sistemas ou replicar-se, eles sequestravam informações ou exibiam anúncios com base em informações pessoais roubadas de computadores.

Mas os malware estão em constante evolução. Hoje ainda lidamos com novas ameaças: rootkits, bots e ransonwares. Esses últimos vêm se tornando comuns. A razão é simples: como muitas empresas hoje dependem da internet para vender seus produtos e serviços, os malware mudaram.

Algumas das diversas formas como os malwares podem infectar ou comprometer um computador são:

  • Pela exploração de vulnerabilidades existentes nos programas instalados;
  • Pela auto-execução de mídias removíveis infectadas, como pen-drives;
  • Pelo acesso a páginas Web maliciosas, utilizando navegadores vulneráveis;
  • Pela ação direta de atacantes que, após invadirem o computador, incluem arquivos contendo códigos maliciosos;
  • Pela execução de arquivos previamente infectados, obtidos em anexos de mensagens eletrônicas, via mídias removíveis, em páginas Web ou diretamente de outros computadores (através do compartilhamento de recursos).

Vírus e malware, qual é a diferença? seguranca-da-informacao

O ransomware, como veremos mais detalhamente em outros artigos, sequestra informações ou dados e os mantêm como reféns. Para que os dados sejam liberados, o malware requer que o proprietário pague uma espécie de resgate (“ransom”, em inglês).

É fato que os vírus continuam a representar uma ameaça, mas estão hoje apenas como parte de um enorme grupo de ameaças chamadas genericamente de malwares. No futuro, o malware tende a apresentar novas faces e versões. O objetivo de programas e de sistemas de endpoint protection, ainda hoje, é prever e já disponibilizar recursos para lidar com essas novas ameaças.

 

Agora que você já entendeu a diferença entre vírus e malware, sugerimos a leitura do post “O que é Ransomware?”.

Continua com duvidas, quer enviar uma sugestão, encontrou um erro ou algo que pode ser melhorado? Fale conosco através do [email protected].

Gostou? Curte, comenta, compartilha e deixa um recado para o nosso time aqui nos comentários abaixo!

 

 

Queremos dar crédito aos sites onde tiramos algumas ideias para a criação de nosso post. Afinal o conhecimento é compartilhado.

Computer Hope

PC Mag

 

 

Vírus e malware, qual é a diferença?
  • Por favor avalie nosso post
5

Resumo

Há diferenças entre vírus e malware? Quais são elas? Entenda o que cada um desses termos designa.

Sending
User Review
5 (1 vote)