Quais as diferenças entre PBX e PABX?

Ao buscar um sistema de gestão da comunicação telefônica interna e externa para uma empresa, muitos empreendedores cometem um erro: considerar PBX e PABX como sendo a mesma coisa.

Embora os mesmos sejam modelos de centrais telefônicas, assumir os dois termos como a mesma coisa não deixa de ser um erro. Um erro que pode gerar no mínimo uma confusão na hora de adquirir e implantar um sistema de gestão para as linhas telefônicas de uma empresa.

Acompanhe esse artigo para entender o que são os modelos PBX e PABX, suas diferenças e conceito histórico.

O que é PBX

O termo Private Branch Exchange – PBX pode ser traduzido para Troca de Ramais Privados em nossa língua.

Trata-se de um equipamento eletrônico que serve para realizar a distribuição de ligações entre ramais. O mesmo ainda é capaz de controlar as ligações feitas e recebidas dentro da central telefônica onde está instalado.

No entanto, o modelo PBX é bem antigo e precisa de um operador, um telefonista, que faça o trabalho junto ao modelo para que o sistema funcione.

O que é PABX

Já o modelo PABX trata-se do passo seguinte ao modelo PBX. Ele é a evolução desse sistema, onde um operador físico não é mais necessário para o controle e distribuição das ligações.

O PABX funciona de forma automática, é dessa premissa que a letra A foi adicionada à sigla. Uma de suas características mais marcantes é possibilitar que qualquer ramal atenda ao sistema central, bastando digitar um ou mais números programados de modo prévio no momento da instalação.

Além disso, modelos PABX contam ainda com alguns recursos adicionais que aumentam ainda mais a diferença em relação ao modelo PBX.

Continue lendo para ver melhor quais são as principais diferenças entre esses modelos de central telefônica.

Conhecendo as principais diferenças entre o PBX e PABX

Além da capacidade de funcionar automaticamente, sem depender de um operador telefonista, o modelo PABX difere do PBX principalmente por:

  • Contar com gravação de chamadas: muito usado em auditorias internas e treinamentos em uma empresa, o recurso de gravação de chamadas ainda pode ser útil para, através das gravações, ter prova em mãos em casos de dúvidas a respeito de uma conversa ou acordo;
  • Possui Unidade de Resposta Audível: também conhecido como URA, é o recurso que disponibiliza um menu nas chamadas recebidas. O chamador da ligação pode escolher entre algumas ações, o setor que deseja ou falar com um atendente da empresa, através do teclado do seu telefone;
  • Música de espera: as músicas que são tocadas durante a espera para o atendimento em uma ligação são tocadas por esse recurso do PABX. Também é usado para transferência de chamadas.

PS: um detalhe a ser mencionado sobre o PABX é que os recursos acima necessitam de equipamentos de suporte ao sistema. Já no modelo PABX IP, mais avançado ainda, tais recursos são nativos do próprio equipamento e sistema.

Conceito histórico

Para finalizarmos este conteúdo, precisamos entender o conceito histórico entre o PBX e o PABX.

Atualmente o PBX é considerado obsoleto, já que o PABX, como já mencionamos anteriormente, sendo sua evolução, dispensa os serviços de um operador para desempenhar suas funcionalidades.

No entanto, o PBX ainda pode ser vantajosamente utilizado em um ambiente corporativo que ainda precise de um funcionário como telefonista fixo.

Gostou desse conteúdo? Então não deixe de se inscrever em nossa newsletter. Basta preencher o formulário abaixo. Sempre enviamos conteúdos de qualidade para agregar cada vez mais valor para sua empresa.

 

 

Quais as diferenças entre PBX e PABX?
  • Por favor avalie nosso post.
5
Sending
User Review
4 (4 votes)