A falta de segurança da informação pode custar caro!

Você sabia que sua empresa pode estar perdendo dinheiro, por falta de segurança da informação?

Pois é. Tudo isso por conta dos elevados prejuízos causados pela vulnerabilidade de dados empresariais. Quando começa a doer no bolso, é que muitos se dão conta do perigo da falta de segurança da informação.

 

Algumas ameaças podem ser mais devastadoras do que outras, o que chega a custar bem caro. E o maior problema costuma ser com a reputação, considerado um dos patrimônios mais valiosos de um negócio.

Por isso, a proteção de dados é tão necessária para o sucesso de qualquer empresário. Neste artigo, vamos justamente falar do quanto pode ser custoso para alguém não investir em proteger seus bens.

Danos à imagem da empresa

 

Um relatório recente da Forbes Insights, destacou como que a fragilidade no sistema de TI pode trazer implicações que a empresa muitas vezes nem percebe. De acordo com o documento:

  • 46% das empresas já sofreram danos à reputação e ao valor de sua marca após um ataque cibernético;
  • 19% delas tiveram os mesmos problemas por falhas no sistema de TI.

Isso mostra que o efeito da falta de segurança da informação é maior do que se imagina. Não é simplesmente um dado que se perde ou que é alterado. Há ainda diversos prejuízos à imagem da marca.

Mesmo sabendo disso, parece que as empresas não estão colocando em prática políticas e controles adequados para reduzir o risco de ataques e violações de dados. O Ponemon Institute fez um estudo em 2014, que apontou o seguinte:

  • 85% das empresas admitiram ter sofrido com a falta de segurança da informação;
  • 46% desses negócios ainda não implementaram soluções de criptografia mesmo após ter seus dados roubados ou ameaçados de alguma forma.

Perda de dados:

 

Em 2013, em um dos maiores exemplos de ataques cibernéticos, 40 milhões de registros de cartões de crédito foram roubados. Ou seja: os clientes acabaram sofrendo também.

Também houve o caso da Sony Pictures Entertainment. A empresa foi pirateada, o que fez com que um filme inédito fosse lançado anteriormente. E diversos dados confidenciais da empresa foram publicados no Pastebin.

Esses dois casos têm algo em comum: sua violação de dados virou um desastre financeiro. Como as empresas detectaram a intrusão de maneira muito tardia, não houve como dar uma resposta em tempo.

Numa pesquisa da OnePoll, 86,5% dos entrevistados disseram que provavelmente não comprariam nada de uma empresa que teve dados de cartões roubados. Até multinacionais, como o eBay e a Target, tiverem quedas acentuadas nas vendas nos períodos em que houve fraude.

Vazamento de dados de clientes ou de projetos:

Outra forma de prejuízo para empresas por falta de segurança da informação é com o vazamento de dado. E isso pode ser feito de muitas maneiras, como:

  • Acesso não-autorizado a bancos de dados;
  • Negligência de funcionários;
  • Outras violações de segurança.

Como são muitos os meios pelos quais uma empresa pode perder dados, é preciso estar sempre preparado. A criptografia e o monitoramento de acesso e atividade são algumas das soluções, assim como o bloqueio de rede e a proteção de ponto final.

Baixa produtividade:

 

Hoje em dia, surgiu uma questão chamada de “paradoxo da produtividade x segurança”. Trata-se de um debate difícil de resolver, já que ataques externos estão cada vez mais tendo fontes múltiplas. Ou seja: o modelo de “empregado confiável” vem sendo corroído.

Com a mudança nas relações de trabalho, cada vez mais os funcionários usam dispositivos móveis para realizar suas funções. E isso pode gerar brechas nos dados da empresa.

Resposta proativa

 

Essas brechas são um problema generalizado para muitos negócios hoje. Por isso, cabe às empresas manter vigilância constante para proteger suas informações a todo o momento.

Uma resposta proativa ajuda muito nesses casos. E aqui vão algumas etapas para você manter os dados internos e de seus clientes seguros e proteger a reputação da empresa:

  • Crie um plano de incidentes para que seu negócio esteja pronto para responder a qualquer ameaça.
  • Anote exatamente o procedimento a ser seguido quando ocorrer algum ataque.
  • Simule possíveis violações e treine os funcionários de acordo com as políticas da empresa sobre proteção de dados.
  • Seja mais proativo e menos reativo – o contrário pode ser tarde demais.
  • Invista em software de segurança para minimizar os riscos.
  • Tente classificar os riscos de sua empresa.

Conclusão

Com o aumento das tentativas de invasões e ataques diversos, é preciso que as empresas estejam precavidas. Como as pesquisas mostram, essas falhas podem abalar de vez a confiança do consumidor.

A segurança da informação é um dos primeiros passos para que empresários e departamentos diversos se protejam. Proteger os dados internos e de clientes é uma questão realmente primordial.

Não espere pagar para ver, porque os prejuízos podem ser maiores do que seu negócio pode suportar. Mande-nos uma mensagem e saiba como podemos te ajudar. Nossa empresa tem as soluções ideais para sua necessidade.

A falta de segurança da informação pode custar caro!
  • Por favor avalie nosso post
5